Compartilhe este Artigo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Taquicardia, suor excessivo, agitação nas mãos ou pernas balançando sem parar…esses são comportamentos percebidos na sala de espera do consultório, típicos de pacientes com medo de dentista.

Podemos resolver esse medo hoje! Leia este artigo até o final que eu vou dar 5 dicas infalíveis para perder o medo de dentista!

Hoje vou falar sobre o medo que muitos pacientes sentem ao se submeter a um tratamento dentário, mas primeiro, é importante entendermos as razões desse medo de dentista, uma vez que muitas pessoas não apresentam esse mesmo medo na hora de atender a uma consulta médica.

Posso dizer que grande parte desse medo de dentista tem início na infância, quando ainda crianças e sem entender muito das coisas da vida, somos obrigados a sentar numa cadeira enorme que nos deixa numa posição inclinada não muito habitual, com uma luz forte no nosso rosto e ainda por cima vem uma pessoa de máscara, colocando objetos de metal na nossa boca…parece aterrorizante não é!

Felizmente, existe a odontopediatria, onde os profissionais que atuam nessa área possuem o preparo e a sensibilidade necessárias para tratar os dentes das crianças sem causar traumas, além de que, hoje em dia, utilizam mais recursos lúdicos em seus consultórios, máscaras coloridas e instrumentos odontológicos decorados com personagens do universo infantil, amenizando o impacto da cena que descrevi acima.

Mas se você não teve a sorte de receber esse tratamento humanizado na infância, bem provavelmente desenvolveu seu medo aí. Então vamos resolvê-lo agora!

1- Seja determinado – Se você tem medo da possibilidade de sentir dor durante o tratamento, saiba que se você não tratar o problema você – com certeza – sentirá muita dor, ao passo que o tratamento tem menor ou nenhuma chance de proporcionar dor ou desconforto. O avanço tecnológico nos instrumentos e aparelhos que utilizamos tem permitido tratamentos mais rápidos, eficazes, indolores e até o barulho do motorzinho dos novos equipamentos já é bem mais suave.

2- Respire – antes de ir a sua consulta ou até mesmo na sala de espera, faça exercícios de respiração para acalmar a ansiedade. Respiramos muito rápido quando estamos nervosos ou ansiosos e isso não deixa que o oxigênio entre na corrente sanguínea na quantidade certa, aumentando ainda mais o nosso nível de estresse. Respire profunda e calmamente e verá os benefícios!

3- Música – Leve seu fone de ouvidos e durante o procedimento você poderá escutar suas músicas favoritas. isso vai distraí-lo permitindo que mude seu foco para a música sem se preocupar tanto com o procedimento ou instrumentos que seu dentista utiliza durante a consulta.

4- Leve um amigo com você – Você também pode convidar um amigo, amiga ou parente, com quem tenha mais intimidade, para te acompanhar nas consultas, inclusive mesmo dentro da sala do dentista. A presença dessa figura conhecida vai ajudá-lo a sentir-se mais à vontade e confiante, pois é uma pessoa conhecida num ambiente estranho para você.

5- Bolas de estresse – esse é um recurso muito útil pois faz com que você transfira para o movimento das mãos, toda a tensão que está sentindo naquele momento, permitindo que você relaxe cada vez mais.

Perceba que são 5 dicas muito simples, mas que produzirão uma enorme diferença na vida de quem tem medo de dentista!

Dica bônus – Vença o medo de dentista para não prejudicar seus filhos!

Por mais que você não comente sobre seu medo com eles, o seu comportamento vai mostrar que algo está errado, pois os pequeninos leem nossa expressão corporal com muito mais agilidade do que entendem o que dizemos.

Saiba que vencendo o medo agora, você quebra o círculo vicioso do medo de dentista e poderá proporcionar, às próximas gerações da sua família, indivíduos com dentes saudáveis e consequentemente mais felizes!

Se você gostou desse artigo, deixe seu like e comentários. Também será ótimo se você registrar suas sugestões sobre os próximos assuntos que quer ler em nosso blog e assistir em nossos vídeos.

Obrigado e até o próximo artigo!

Mais a ser explorado

Covid19

COVID19 – Orientações para Agendamento

Nesse momento difícil, estamos monitorando melhor nossos pacientes e melhorando ainda mais a segurança dos nossos atendimentos. Por favor, não estranhe! Nesse momento de pandemia,